Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

CHINA - Cidades Instantâneas III

... e as casas erguem-se como cogumelos num complexo residencial em Lishui, uma cidade de média dimensão que floresce.

" ... e as casas erguem-se como cogumelos num complexo residencial em Lishui, uma cidade de média dimensão que floresce."


Um mar de produtos


Na livraria do aeroporto de Wenzhou destaca-se um livro intitulado "Ninguém Entende Realmente o Povo de Wenzhou". Na mesma prateleira encontramos: "O Temido Povo de Wenzhou"; "Segredos para Ganhar Dinheiro, do Povo de Wenzhou"; e "As Jóias do Oriente": "as Histórias Comerciais de 50 Empresários de Wenzhou". Os chineses andam fascinados por essa parte da província de Zhejiang, e a imprensa local contribui para a lenda. A revista Fortune Weekly de Wenzhou publicou um perfil dos milionários locais. Uma das perguntas era: se você fosse forçado a escolher entre o seu negócio e a sua família, com qual ficaria? Quase 60% escolheram o negócio e 20% a família. O restante permaneceu indeciso.


Desde o princípio, o desespero impulsionou a tradição empresarial de Wenzhou. A região tinha pouco solo arável, e o terreno montanhoso era um obstáculo para construir boas estradas para o interior. Com poucas alternativas, os habitantes voltaram-se para o mar, e, no século XVII, no final do período da dinastia Ming, já tinham desenvolvido uma forte cultura comercial. Foram no entanto perdendo alguma vantagem em 1949, quando os comunistas tomaram o poder, e cortaram as ligações marítimas com o exterior extinguindo a iniciativa privada. Mesmo no inicio da década de 1980, quando as reformas de mercado livre de Deng Xiaoping começaram a vingar, Wenzhou tinha algumas desvantagens: os seus habitantes não tinham formação como os de Pequim, e não atraíam o investimento estrangeiro como Xangai. Quando o governo criou a primeira Zona Económica Especial, cujos privilégios comerciais e fiscais destinados a promover o crescimento, escolheu Shenzhen, próximo de Hong Kong.


No entanto Wenzhou possuía um inestimável capital: o instinto comercial do seu povo. As famílias abriram minúsculas oficinas, muitas com menos de 12 trabalhadores, para fabricar produtos simples. Com o tempo, as oficinas cresceram e transformaram-se em fábricas, e Wenzhou passou a dominar certos ramos e com pouca tecnologia. Hoje em dia, um quarto de todo o calçado comprado na China vem de Wenzhou. A cidade fabrica 70% dos isqueiros usados no mundo. Mais de 90% da economia de Wenzhou é privada.

 

Parte III - China, cidades instantâneas.

publicado por: Pangea às 23:09
link do post: | adicionar aos favoritos:

.Curiosos

.Horas, Minutos e ... Segundos

.autor:

.- curioso? - procure aqui:

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.recém-nascidos:

. DUBAI - Cidade Relâmpago ...

. Ouvi dizer que... A inten...

. CHINA - Cidades Instantân...

. As "primas" do mestre-de-...

. As "primas" do mestre-de-...

."torre do tombo":

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.temas

. ouvi dizer que...(10)

. ... as obras-primas do mestre(5)

. china-cidades instantâneas.(4)

. dubai-cidade relâmpago(4)

. arquitectos da antiguidade(3)

. arquitectos da idade média(1)

. teóricos do urbanismo(1)

. todas as tags

.http://www. ...

RSS
blogs SAPO

. - Jackpot 28 ou... Hit Parade 56.

. ...na hora

.faça chuva ou faça sol ...

Weather Forecast | Weather Maps

.Curiosos desde 9.6.2007