Domingo, 10 de Junho de 2007

CHINA - Cidades Instantâneas II


... entretanto O solo cultivado vai desaparecendo.

"... entretanto O solo cultivado vai desaparecendo."

Wang e Gao - os Senhores dos Anéis (continuação)


No primeiro andar juntaram-se mais um empreiteiro e um ajudante. Não havia arquitecto nem projectista, e ninguém trouxera régua ou fio-de-prumo. O Patrão Gao começou a distribuir cigarros da marca 555. Tinha 33 anos, cabelo à escovinha e um semblante nervoso que piorava quando o seu tio andava por perto. Depois de todos acenderem os cigarros, o jovem pegou numa caneta e num pedaço de papel que tirou da sua mala que trazia a tiracolo.

 

Primeiro, desenhou as paredes exteriores da sala. Depois, começou a projectar; cada traço representava uma parede a construir, e a fábrica começou a tomar forma aos nossos olhos. Desenhou duas linhas no canto sudoeste: a futura sala das máquinas. Contíguo a ela, um laboratório de química, seguido de um armazém e de uma sala das máquinas secundária. O Patrão Wang, seu tio, analisou a página e calmamente observou: "Não precisamos dessa sala".

Conferenciaram um pouco e resolveram riscar a sala da planta. Em 27 minutos concluíram o projecto do piso térreo. Passamos ao andar de cima. Mais cigarros. O Patrão Gao virou o papel e preparou-se para desenhar.

”Isto é muito pequeno para um escritório.” Em 23 minutos, projectaram um escritório, um átrio e três salas de visita para os gerentes da fábrica. No andar de cima, os dormitórios dos trabalhadores levaram-lhes mais 14 minutos a projectar. Ao todo, elaboraram a planta de uma fábrica de 2 mil metros quadrados, de cima a baixo, em uma hora e quatro minutos. Gao entregou o pedaço de papel com as plantas ao empreiteiro. O homem perguntou-lhes para quando queriam o orçamento.

"Que tal hoje à tarde?" O empreiteiro olhou o relógio. Eram 15h48. "Não consigo fazer assim tão rápido", respondeu. "Tudo bem; então amanhã de manhã", conformou-se o Patrão Gao.

Discutiram sobre os materiais: tinta, cimento, areia. "Queremos as portas de 10 dólares" (7.36 €), disse o Patrão Wang ao empreiteiro, que era natural de Lishui. "E não tente enganar-nos usando material mais barato. Faça um bom trabalho agora, e nós voltamos a contrata-lo. É assim que se ganha dinheiro em Wenzhou. Entendeu?"

Parte II - China, cidades instantâneas.

publicado por: Pangea às 20:43
link do post: | adicionar aos favoritos:

.Curiosos

.Horas, Minutos e ... Segundos

.autor:

.- curioso? - procure aqui:

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.recém-nascidos:

. DUBAI - Cidade Relâmpago ...

. Ouvi dizer que... A inten...

. CHINA - Cidades Instantân...

. As "primas" do mestre-de-...

. As "primas" do mestre-de-...

."torre do tombo":

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.temas

. ouvi dizer que...(10)

. ... as obras-primas do mestre(5)

. china-cidades instantâneas.(4)

. dubai-cidade relâmpago(4)

. arquitectos da antiguidade(3)

. arquitectos da idade média(1)

. teóricos do urbanismo(1)

. todas as tags

.http://www. ...

RSS
blogs SAPO

. - Jackpot 28 ou... Hit Parade 56.

. ...na hora

.faça chuva ou faça sol ...

Weather Forecast | Weather Maps

.Curiosos desde 9.6.2007